segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Certeza

Prefiro as certezas. Não gosto de nada incerto e inesperado, surpresas realmente não fazem meu tipo. Acho bem melhor confirmar o que é esperado. Certeza de ir, vir e voltar. E de ficar como está. Ou a certeza de mudar, mas desde que seja certeza. A dúvida me causa ânsia, me come as unhas, me faz atropelar tudo. Dúvida me decepciona, me deixa sério, me preocupa.
Consigo lidar bem até com a certeza de ser ansioso, mas a ansiedade é basicamente a espera do que está por vir (que você não tem certeza de nada). Isso me corrói por dentro.
Ter certeza de algumas coisas e, em um momento, perdê-la me fez mal este final de semana. E o pior de tudo: não tenho nem certeza se isso é bom ou ruim.

Confuso? Confuso to eu!

8 comentários:

Rodrigo Teixeira disse...

escrito pra mim? oi?

venha cá, tu é taurino ou é apenas coincidencia master??

boa semana, queri!!!

Lívia Komar disse...

Nossa, minha cara esse texto!
Melhor enfrentar as verdades do que desafiar as incertezas. Sem dúvida!

HSLO disse...

eu não suporto viver isso: a dúvida.

Wans disse...

Eu sou super ansioso. As vezes é o tipod e coisa que atrapalha o processo que deveria ser levado naturalmente. A vida deveria ser assim, simples, mas somos nós que a complicamos.

bjão!

FOXX disse...

ansiedade mata ou engorda!

K disse...

Dan,

A dúvida é sempre pior do que a pior das certezas. Assino embaixo e digo mais: quando a gente não faz uma escolha, a vida escolhe pela gente - e isso nem sempre é bom.

Beijo!
K

Adriano Mariano disse...

... semanas filosóficas para os sagitarianos. A lua está onde, meu deus!??!

Rafa disse...

Oi Dan,
Há um limite para se ter certezas, conquiste-o sempre. Mas há uma margem que foge ao nosso controle. Eis a vida.
Quero muito que vc fique bem. No meio das incertezas e ansiedade um abraço de amigo é tudo. O meu (ainda que virtual) pra vc.