sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Trilha

Sofia Coppola estreiou sua carreira de direção de cena com o clipe da Kate Moss postado aqui ontem.
Aí entrou pro ramo de cabeça!
Depois de Virgens Suicidas, Encontros e Desencontros e Maria Antonieta, em 2010 ela fez um outro filme. E como não já é esperado, a trilha de Somewhere é um dos destaques da produção.
The Strokes, Gwen Stefani, The Police e até Kiss (com seu tema de amor) fazem parte dela.

Mas antes de falar de Somewhere, não resisti e tive que visitá-la em suas produções mais antigas:

Em Encontros e Desencontros, Scarlett Johanson canta The Pretenders no Karaokê.



Em Virgens Suicidas a pegada da trilha é mais 70's, meio glam e tem um clipe com Kirsten Dunst e um chiclete cantor, com música composta pelo duo francês Air.



Já em Maria Antonieta, de novo com Kirsten Dunst, toda a trilha é bem 80's (aliás, o melhor e pior da década) como The Cure e Siouxsie and The Banshees.



Voltando a Somewhere, eu nunca escondi meu amor pelos meninos do The Strokes.
Para o filme, a música deles está inclusive no trailer.
A música é linda (eu acho1) e por isso, aproveitem e a curtam no fds a dois!
Ou não.
Curta também sozinho, com amigos, pq Julian sempre cabe em qualquer situação!




Ah, pra quem quer ver o trailer com Stephen Dorff e Elle Fanning (pai e filha no filme), segue abaixo!
bjo




Inspiração do post foi por causa de uma pessoa especial que me mandou a trilha inteira e eu adorei! ;)

13 comentários:

Wans disse...

Dan, meu rei, estou me perguntando o que seria o pior de 80 em Maria Antonieta. Pareceu que o melhor seria Cure e o pior Siouxsie. É isso? Porque se for, vou aí na sua cidade acertar as contas, viste? A pior coisa dessa trilha seria "I Want Candy" que é insuportável, de resto, é tudo majestoso, sem trocadilhos.

Só acho que ela falhou quando não deixou tocar Plainsong inteira do Cure na coroação. É linda demais!


Sophia entende de trilha sonora. Ela é casada com o vocalista do Phoenix e sempre soube escolher as canções dos filmes. Acho que de todos, meu preferido é Encontros e Desencontros. A cena da despedida ao som de Just Like Honey do Jesus and Mary Chain já figura numa das mais bonitas do cinema atual.

Bjão, gato!

FOXX disse...

"pessoa especial" é?
=D

Antonio de Castro disse...

as trilhas dela são ótimas mesmo. pra mim, Maria Antonieta foi o grande passo dela nesse caminho.

lembro q qd eu vi as cenas com vestidos de séculos passados e rock como trilha, fiquei encantado.

aí ja viu, viciei. assisti Somewhere e achei bem legal. a Elle é melhor que a irmã, menos clichê.

Lady's disse...

Adoro Maria Antoniete (mesmo aparecendo um all star na corte francesa)
agora Somewhere foi um tempo perdido em minha vida que não volta mais,
o que se aproveita realmente é a trilha sonora

Rodrigo disse...

Nossa, trilha ótima mesmo.
Baita bom gosto.
Bom finde

Junnior disse...

Li outro dia algo sobre o filme "Um Lugar Qualquer" que dizia que a filha do Coppola segue a mesma fórmula no modo de fz o seu cinema: a das pessoas cheias de privilégios, mas sem nenhum poder sobre si mesmas.
Parece que vem dando certo né? Até na trilha sonora.
Beijos e bom 'finde'.

Janaína disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Janaína disse...

Dan, fiz um comentário equivocado, tive que remover hahaha

Estou louca para ver Somewhere, e ainda não sabia como estava a trilha, que sempre são um plus para os filmes dela!

O desfecho de Lost in Translation com Just like honey me arrepia até hoje!!!

vou procurar essa trilha para embalar meu domingão!

bjooo

Serginho Tavares disse...

gosto muito do trabalho da sofia coppola
e parabéns pelo blog e pelo 3° lugar entre os mais lindos da blogosfera lá no meu blog

abração

inconstanteblog disse...

De Sofia, vi apenas "Virgens Suicidas", mas quero muito ver "Somewhere"... tentei ver no festival do rio, mas não consegui :(

E gostei da nova foto do perfil... apesar de vc parecer bem diferente (eu achei...) da outra foto =D

Xêro!

Janaína disse...

amor, vc assistiu Tetro???

Fred disse...

Eu curto a Sofia.
E curti ainda mais esse post musicalmente inspirado.
Arrasou, guri reclamão! Hehehe!
Hugz!

[ joe ] disse...

to muito curioso pra ver este filme! dela, só conheço "Maria Antonieta". mas gostei de como ela dirige. quero ver esse, principalmente pelo que me despertou o trailer.
E trilhas boas sempre somam. não há como negar.
; )


[j]