quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Só brincava

Não quero falar de flores.
Nem de chuva, nem de sol.
Não quero falar de beleza, de alegria.
Nem de medo quero falar.
Não quero falar de sombras, nem de pesadelos.
Muito menos falar de sonho bom.
Não quero falar de sexo, de beijos, de namoro.
Nem falar de dores, de amores, de dores de amores.
Não quero falar de homens.
Não quero falar de trabalho. Muito menos de job e prazos.
Não quero falar de cansaço, nem sobre estar de saco cheio.
Muito menos quero falar sobre responsabilidades.
Só quero matar saudade.
Dos amigos, da família, de um tempo que se foi.
Matar a saudade de mim mesmo quando era criança e não pensava em nada disso.
Matar saudade da criança que só pensava em bolo formigueiro, em brigadeiro.
Que pensava em passar a tarde toda no quintal, na frente da tv ou na piscina do clube.
Só quero matar a saudade do moleque que pensava nisso e em mais nada.
Matar saudade do moleque que não pensava em nada. E nem falava de coisas profundas.
Matar a saudade do moleque que só brincava.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Momento Gastronômico 2

Tudo bem que meu talento para a gastronomia está bem aquém das habilidades das pessoas que estavam no almoço. Além disso, fiquei preocupado com a quantidade de massa, e como ela era fresca, é diferente pra cozinhar.
O escolhido foi o Spaguetti al limone com crispie de presunto cru. Uma receita sem erro, rápida e uma delícia. O azedinho do limão Siciliano com o salgado do presunto parma, creme de leite fresco e raspas da casca do limão fica exótico e saboroso.
Bom demais!

Mangia che te fa bene!!





Confere o que a Ju disse do almoço!



segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Pare

'Pare de correr atrás. Pare de se importar. Seja indisponível, desapegue. Pessoas gostam do que não têm.'

daqui

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Lana




vi aqui e aqui! Gostei!
=)

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Nojo

Cada história que eu ouço me dá mais nojo de você.
Cada mentira, cada putaria, cada sacanagem. Elas parecem não ter fim.
Quem planta colhe e, confesso, me dá até uma satisfação ver você se fudendo.
Sabe tipo vingança? Exatamente essa sensação! Por pior que isso possa parecer.
Perdeu os amigos, perdeu todos os namorados, se perdeu. Well done!
Achei que alma ruim assim existisse só nas lendas ou nas histórias com moral.
Não. Elas existem e você deve ser a pior delas.
Minha sorte é que quando a alma é muito ruim, coisa boa não serve pra ela.
Ela acaba se afastando.
E você, já foi bem tarde.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Momento Gastronômico

Como diz o Edu, tenho que aprender a cozinhar e parar de filar a boia na casa dos amigos.
Ou não!
ahahahah

Almôndegas Suecas!

Acreditem, Ju está se superando!
Delícia!

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Stop Motion

MÖBIUS from ENESS on Vimeo.


e viva a criatividade!!!
=)

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

why music matters

Todo mundo que gosta de música sabe a importância que ela tem em sua vida.
Bom, pelo menos eu sei.





terça-feira, 16 de agosto de 2011

Pesquisa


E eu que sou blogueiro, twitteiro, redator de publicidade e tenho uma coluna na revista? Morri?!
aahhahaha

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Obrigado

Olhar pra você não me causa mais nada.
A não ser a certeza de que sou muito diferente, que me tornei alguém melhor.
Ver que você continua com seus pensamentos pequenos não me incomoda mais. Que se dane.
Me pergunto como ficamos juntos tanto tempo.
Nesse anos todos que passaram, você é o mesmo e conseguiu ir matando o carinho que eu sentia por você a cada merda que fazia.
E olha que foram muitas. Uma montanha de merda.
Sei que ainda mexo com sua cabeça.
Quem fala de vingança, depois de tanto tempo, só pode ter sido muito magoado.
Infelizmente, não sei o que foi que fiz, só segui a minha vida como disse que faria.
Pelo mundo, você não deve ter conhecido ninguém como eu: que aguentasse suas loucuras, conversasse com você e que tentasse fazer você ser um cara melhor.
Deve ser por isso que não se conformou quando me perdeu de vez.
E pensar que sou um novo cara e que você me ajudou a chegar aqui. Obrigado por isso.
E pelos exemplos do que eu nunca gostaria de ser.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Palmas palmas

Diferente essa garota.
Segura quase nada na língua doce.
Doce de tanto doce.
Escreve como só ela. Fala mesmo!
E se supera.
É fina.
É tosca.
Sai dançando pela vida.
Salsa por toda a parte.
Passeia por ilhas distantes, pela infância com frequência, por páginas de jornal.
Sensacional!
Muitas ideias na cabeça.
Grandes sentimentos no coração.
Bolo, frango, toddynho, bombom.
Tequila!
Música pros ouvidos, imagens de fotografia.
E posts, posts e mais posts pra alegrar meu dia.
Menina moça, garota super poderosa, mulher fatal.
Palmas palmas porque o dia é seu. FeLomenal.


Pronto Fran, já acabei! Má Oêêêê!

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Like Jagger




E você? Se mexe igual ao Jagger?

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

I don't belong here

As vezes parece que a gente não pertence a lugar nenhum. Que não cabemos, nem que as coisas fazem muito sentido.
Por um momento, penso em querer me encaixar.
Ainda bem que é só por um momento.
=)




Eliza cantando Thom Yorke.. era pra ficar lindo mesmo né?

"When you were here before, couldn't look you in the eye. You're just like an angel, your skin makes me cry. You float like a feather in a beautiful world. I wish I was special, you're so fucking special... But I'm a creep, I'm a weirdo. What the hell am I doing here? I don't belong here..."

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Ronda

Chega anônimo, me olhando fixo.
Aperta minha mão com força suficiente pra chamar atenção.
Demora a soltar.
Depois solta, mas não solta o olhar.
Sorri de lado.
Eu me afasto já mexido com aquilo.
De longe não para de me procurar. Até me deixar incomodado.
Depois sonda, ronda, até zomba da minha cara vermelha de vergonha.
Se aproxima e mostra os dentes.
O sotaque é estranho, diferente. Quase não combina com alguém daquele tamanho.
Eu abro um sorriso, depois me retiro.
Olho pra trás e seus olhos continuam sondando, rondando, me perseguindo até eu virar a esquina.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Hipócritas

Hipocrisia e preconceito andam de mãos dadas.
Pra quem não viu: