quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Ciclos

A vida se mostra pra mim em círculos. Eles vêm e vão, como uma roda gigante.
Passo pelos mesmos lugares, sinto as mesmas coisas, só que diferentes.
De uma forma mais bela, ou mais feia, me vejo repetidamente enfrentando os mesmos desafios, só que diferentes.
Não sei se inconsciente, ou conscientemente, procuro os mesmos obstáculos, ou se sou naturalmente atraído por eles. Acho que as duas coisas. Tenho sempre que achar uma forma de trabalhar meus maiores defeitos... só que diferente.
Como em todas as vezes, procuro um final grandioso e feliz. Geralmente consigo.
Dessa vez, vou conseguir também, só que diferente.

---

Se eu fosse você não perdia a versão Brandon Flowers de Bette Davis Eyes!
:D

22 comentários:

FOXX disse...

dizem que nossa vida é uma espiral ascendente, neste caso, explica sua sensação de encontrar a mesma coisa só que diferente, não?

Edu disse...

Tentar focar em algum ponto diferente é primordial pra gente não ficar tonto demais nesse roda-roda.

Frederico disse...

a vida é cheio de ciclos em que as vezes se transformam (para melhor ou pior), mas que na maioria das vezes se constituem em continuações, e que deveriam servir para que não repetíssemos os erros do passado em nosso presente, mas eu pelo menos esqueço desses ciclos e repito por vezes os mesmos erros.

Paulo Braccini - Bratz disse...

a vida definitivamente se faz em ciclos mas sempre tb em uma espiral ascendente ... Foxx está correto ...

bjux

S.A.M disse...

Poético o senhro hoje.

Sim, se soubermos aproveitar esses ciclos, seremos muito mais felizes!

Abração

o Humberto disse...

Ai, Dan, vai soar super viado, mas eu até arrepiei lendo esse post.

Você disse, com as palavras que só um redator fantástico como você poderia, exatamente tudo que eu pensei uns três dias atrás, quando parei pra ler posts antigos no meu blog. Lendo muita coisa que escrevi, vi que eu vivo exatamente como você descreveu, nesses ciclos.

Mais curioso ainda é que pra ilustrar seu post você escolheu uma música que eu adoro, e cantada pelo Brandon Flowers, que era espécie de voz pra tudo que eu sentia quando comecei o blog.

Enfim, você é foda, meu querido.

Por aqui, tudo bem, me preparando pra crescer um pouco mais e talvez mudar um pouco esses ciclos aí.

Grande beijo!

o Humberto disse...

E eu não conhecia essa versão pra música do Chico Anísio, adorei.

Rafa disse...

Sabe que eu tenho uma sensação diferente? Uma coisa linha reta: já deixei tanta coisa para trás, muito do que fui não me serve e ficou por aí, sem volta.

Sorte pra nós!

Bj

Fred disse...

Quem mandou fazer dieta à base de pão francês?!?! Agoraaguentafio!
E Brandon nem me disse que ia tovar aqui... hahaha! MAGAVILHA, nzé?
Beijos - meigos - pq sou sim muito meigo!

Edu disse...

"vc que é foda querido. fico feliz quando vc se identifica assim com meus posts. é um dos poucos acho! por isso que eu te adoro. :D
sdd de vc!"...

Hora de ressuscitar o Censura Livre?

Janaína disse...

Freud deve ter se remexido todo com seu insight!
e, sim, vc é O cara quando se trata em achar o melhor final para as coisas!
miss ya... lots of love, J.

Luna Sanchez disse...

Vivendo um déjà vu recorrente?

Credo, parece comigo.

=*

Lobo disse...

Engraçado. A minha vida roda em várias direções, mas dificilmente consigo ver círculos. Não tenho tantos devajus, mas quando tenho costumo correr na direção contrária :p

Beijo Dan!

Fred disse...

Mas vamos trocar figurinhas de boys-magia, entZão?!? Mostra o teu que eu mostro o meu... ui! Hahaha! Bjzzzz!

o Humberto disse...

:)

Fred disse...

Acho melhor postergar o embate dos Boys Magia... vai que eles se entendem e nós acabamos sobrando?!? Tra-gé-dia! Bjz!

Fred disse...

Em tempo - de perder o amigo mas nunca a piada:

Tu me diz "vem cuzinhá pra mim?"

Ao que respondo: "até vou... mas se eu comprar dois quilos de feijão e de arroz... seu cunzinho é meu???"

Hahahahahahahahahahahahaha!

Patrícia disse...

Comigo é assim tb... um animal migratório que sempre quer ir embora mas que tem que enfrentar a solidão de ter ido... mas que tem que ir para realizar os sonhos...
Penso que viemos para resolver ou aprender X e Y... e como matemática precisamos de reforço!
Beijo

Sylvio de Alencar. disse...

O som: é digno de nossos ouvidos.

O texto: também.
:)
Na verdade é assim que a vida rola, embora tenha ouvido de um Mestre que ela se desenvolve em 'espiral', o que é quase a mesma coisa.

Boa sorte!

H A R R Y G O A Z disse...

Hey Dan,

GREAT to see you around!

Have a super week.

H.G.

Hope* disse...

Oi Dannn!

Acho que os nossos desejos (sejam esses positivos ou não) são a engrenagem dessa roda gigante.
O tempo e as situações adoram um novo disfarce, mas é a essência que fica responsável pela originalidade dos fatos.
E sim, a luta com os nossos maiores defeitos é mesmo eterna...

p.s
Tenho que elogiar o redator tb!
Com poucas linhas vc falou tanto...

Saudade Enorme!
Bjoo!

Marcos Campos disse...

Também tenho essa sensação, que várias coisas similares acontecem na minha vida ... mas de maneira diferente ...
Abraço !!